Susep publica modelo de produtos para baixa renda

Susep publica modelo de produtos para baixa renda


A Superintendência de Seguros Privados (Susep) publica modelo para criação de seguros de vida populares, destinados às classes C, D e E. 
O objetivo é disponibilizar um produto que permita o acesso de 10 milhões de pessoas à proteção do seguro, através de um padrão pronto e barato que poderá ser utilizado pelas seguradoras. 
Segundo a Susep, as seguradoras poderão vender o produto a um preço médio mensal inferior a R$ 3,00. O modelo criado prevê, além da indenização máxima de R$ 10 mil no caso de morte do titular, R$ 200,00 a título de cesta básica, que podem ser fornecidos em mantimentos ou em dinheiro, e auxílio funeral de R$ 1800,00. 
“Queremos promover a inserção social de pessoas que nunca tiveram condições financeiras de prover uma proteção para suas famílias. Países como o México e a África do Sul tiveram muito sucesso ao utilizar o seguro de vida popular com esse propósito”, explica René Garcia, Superintendente da Susep. 
Com o modelo já pronto, as seguradoras poderão comercializar rapidamente o seguro com valores módicos de prêmios. Além disso, a Susep teve a preocupação de estipular uma forma de funcionamento que não encarecesse a apólice, e que fosse simples o suficiente para evitar ao máximo dúvidas e problemas na execução do contrato. “O seguro criado tem a vantagem de agregar segurança para o comprador, que adquirirá um produto previamente aprovado pela SUSEP”, diz Garcia.

(InvestNews) 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *